VLT Ramal Parangaba – Mucuripe

O Ramal do VLT Parangaba-Mucuripe é um projeto realizado pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Infraestrutura – SEINFRA, para a implantação de um sistema de transporte de passageiros sobre trilhos.

O VLT vai aproveitar o traçado da via utilizada atualmente para o transporte de cargas. Haverá a remodelação da linha e implantação de via dupla para o transporte de passageiros. Os trens passarão pelos seguintes bairros: Parangaba, Itaperi, Serrinha, Itaoca, Aeroporto, Vila União, Montese, Parreão, São João do Tauape, Alto da Balança, Fátima, Joaquim Távora, Dionísio Torres, Salinas Aldeota, Cocó, Papicu, Varjota, Vicente Pinzon, Mucuripe e Cais do Porto.

O ramal terá 13,4 quilômetros, ligando os bairros Mucuripe e Parangaba. Desta extensão, serão 12 quilômetros em superfície e 1,4 quilômetro de trechos elevados. O percurso contará com dez estações:

⦁ Parangaba
⦁ Montese
⦁ Vila União
⦁ Borges de Melo
⦁ São João do Tauape
⦁ Pontes Vieira
⦁ Antônio Sales
⦁ Papicu
⦁ Mucuripe
⦁ Iate

O projeto prevê a construção de três tipologias de estação. A de Parangaba será elevada, possibilitando a total integração à Linha Sul do Metrô de Fortaleza e ao terminal rodoviário do bairro. A estação Papicu também será diferenciada e se integrará à Linha Leste do Metrô e o terminal rodoviário. As oito estações restantes terão a modelagem padronizada.

O ramal Parangaba Mucuripe terá um público de passageiros estimado em aproximadamente 90 mil por dia e atenderá 22 bairros de Fortaleza. Oito VLTs , fabricados pela Bom Sinal Indústria e Comércio, no Cariri cearense, conduzirão os passageiros. Movidos a diesel, os VLTs possuem ar-condicionado, sendo mais confortáveis que os antigos trens. A estimativa é que o percurso de uma ponta a outra da linha seja feito em, aproximadamente, 30 minutos, com intervalo médio entre veículos de 7 minutos.

Quer saber mais, acesse o Hotsite do VLT.